3 de mai de 2009

Introspecto

Eu só quero estar
Sem pensar no desenrolar.
Não devo completar
Apenas olhar,
Deliciar.
No meu divã interno
Um tanto eterno
Por se ver esquecido
Grita,
Ao ver-se despido.
Eu sinto o acaso
Fazer de mim descaso
E ao ver meu embaraço
Num passo
Me desfaço.